segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Quais são os prazeres superiores?

Stuart Mill distinguiu entre prazeres superiores e prazeres inferiores. Vamos tentar testar essa distinção. Se tivesse de escolher entre uma pizza e esta música de Handel, o que escolheria? E entre a pizza e o poema de Yeats?

pizza

Handel: He Shall Feed His Flock

Quando fores velha, grisalha, vencida pelo sono,
Dormitando junto à lareira, toma este livro,
Lê-o devagar, e sonha com o doce olhar
Que outrora tiveram teus olhos, e com as suas sombras profundas;

Muitos amaram os momentos de teu alegre encanto,
Muitos amaram essa beleza com falso ou sincero amor,
Mas apenas um homem amou tua alma peregrina,
E amou as mágoas do teu rosto que mudava;

Inclinada sobre o ferro incandescente,
Murmura, com alguma tristeza, como o Amor te abandonou
E em largos passos galgou as montanhas
Escondendo o rosto numa imensidão de estrelas.

W.B. Yeats, Uma antologia, tradução de José Agostinho Baptista, Lisboa, Assírio & Alvim.

Links: Stuart Mill e Kant

O Assassínio de Inês de Castro de Karl Briullov 1834
Karl Briullov: O Assassínio de Inês de Castro, 1834
O eléctrico desgovernado: discussão de um dilema moral
Qual é o critério da moralidade?
O utilitarismo: ideias básicas
Qual é a ação correta?

Apontamento sobre o Utilitarismo

Mentir é sempre errado?
Argumentos contra o utilitarismo

Aconselhado

Um prazer superior

O que é mais importante que a felicidade?
É melhor servir que mandar despoticamente

sábado, 18 de fevereiro de 2017

Dúvidas sobre a escolha do curso superior? Há sítios a visitar

Resultado de imagem para escola tumblr gifs



No site da DGES podem pesquisar - na barra lateral - por área de estudos, por instituição, curso e distrito (obtêm informações das provas de acesso, das médias em anos anteriores). Eis o link:

Informação disponível relativa aos exames nacionais de 2017 é a seguinte:

terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

Inscrição nos exames nacionais 2017: informações e legislação





Antes de se inscreverem nos exames nacionais, os alunos deverão esclarecer as suas dúvidas nos documentos seguintes:

-Guia Geral de Exames 2017;

Como escolher os exames nacionais a realizar em 2017?

Imagem relacionada
O cartoon foi retirado deste sítio.
 
Dentro de pouco tempo os alunos do 11º ano (e do 12º) dos cursos de ciências, artes, humanidades e economia terão de escolher as disciplinas em que vão realizar exames nacionais obrigatórios (para conclusão de duas disciplinas - com o peso de 30% na classificação final) e que podem também utilizar como provas de acesso à universidade.
As provas de ingresso, na candidatura a cada curso, são fixadas por cada instituição de ensino superior. A informação disponível sobre os exames finais nacionais do ensino secundário que podem ser utilizados como provas de ingresso será divulgada no Guia Geral de Exames 2017 (que ainda não está disponível). Para cada um dos seus cursos, cada instituição de ensino superior fixa, no mínimo, uma prova de ingresso e no máximo, duas.
Uma boa escolha em 2017 terá de ter em conta a informação disponível em 2016, no site do governo, relacionada com os cursos existentes e as provas de ingresso, as vagas da 1ª e da 2ª Fase em cada instituição e as médias de acesso para cada curso:
 

A informação disponível relativa aos exames nacionais de 2017 é a seguinte:
Para os alunos que, em função dos seus interesses e preferências, ponderem fazer o exame nacional de Filosofia (esta faz parte de um leque de três disciplinas no 11º ano, podendo os alunos optar por duas, tanto nos cursos de ciências, artes, humanidades e economia), seguem-se informações que poderão levar a uma escolha mais racional e fundamentada:
Exame nacional de Filosofia 2017: informação IAVE

Matriz do 3º teste do 11º ano

Cerebro numa cuba 1      brain_in_a_vat_thought_bubble  cérebro numa cuba

Duração: 100 minutos.

Objetivos:

1. O que é a Epistemologia?

2. Em que consiste o saber-fazer?

3. Em que consiste o conhecimento de contacto?

4. Em que consiste o conhecimento proposicional?

5. Qual é a definição tradicional de conhecimento?

6. Porque é que a crença é uma condição necessária do conhecimento?

7. Porque é que a verdade é uma condição necessária do conhecimento?

8. Qual é a diferença entre palavras factivas e palavras não factivas?

9. Porque é que a justificação é uma condição necessária do conhecimento?

10. Porque é que cada uma dessas condições isoladas ou agrupadas duas a duas não constituem condições suficientes do conhecimento?

11. Em que consistem os contraexemplos à definição tradicional de conhecimento?

12. Porque é que nos casos descritos nesses contraexemplos não há conhecimento?

13. O que é o ceticismo? Qual é a diferença entre ceticismo moderado e ceticismo radical?

14. Qual é, segundo o ceticismo radical, o problema da justificação?

15. Será que o ceticismo radical se autorrefuta?

16. Em que consiste o argumento cético dos erros percetivos?

17. Em que consiste o argumento cético da regressão infinita da justificação?

18. Conhecer alguns cenários céticos: sermos um cérebro numa cuba, a vida ser um sonho, a situação descrita no filme Matrix, etc.

19. Em que medida o ceticismo lança um desafio a quem se afirma detentor conhecimento?

20. Como é que Descartes tentou responder ao desafio cético?

21. O que é a dúvida metódica?

22. Porque é que Descartes tinha como objetivo encontrar uma crença indubitável e básica?

23. Quais são as principais etapas do percurso da dúvida metódica?

24. Porque é que Descartes recorreu ao à hipótese do Génio Maligno?

25. Porque é que Descartes considera o Cogito como indubitável?

26. Como é que o argumento da marca tenta provar a existência de Deus?

27. Em que consiste a objeção que diz: “criar a ideia de perfeição é diferente de criar a própria perfeição”?

28. Em que consiste o critério das ideias claras e distintas?

29. Qual é a função de Deus no sistema cartesiano?

30. Em que consiste a objeção do círculo cartesiano?

31. O Cogito será realmente uma crença básica?

32. Como avalia a tentativa feita por Descartes para refutar o ceticismo e fundamentar o conhecimento?

Natureza das questões:

Escolha múltipla, questões de resposta curta e questões de resposta extensa.

Para estudar:

Blogue: Links sobre Epistemologia

PDF´s fornecidos aos alunos

Manual: da página 139 à página 167.